Série: Os Atributos de Deus

Começamos uma série hoje sobre um assunto tão importante sobre Deus, mas pouco falado/ouvido entre os cristãos:

 Ponderando Sobre Os Atributos de Deus

 Atributo

A palavra atributo vem do latim ad, [para], e tribuere, [atribuir], ou seja, aquilo que é atribuído a alguma coisa. Na teologia cristã, o termo veio a ser usado para indicar aquelas qualidades ou propriedades (atributos) atribuídas a Deus, como partes de Sua natureza.

 Introdução

Qual a importância de se estudar os atributos de Deus? Quando estudamos os atributos de Deus, ainda que de forma muito limitada, podemos conjeturar o seu caráter, entender um pouco mais sobre quem Ele é e como Ele é, e assim adorá-lo e atribuir-lhe glória que lhe pertence de forma mais apropriada e consciente.

Para Aristóteles, o mundo divide-se em substâncias individuais e atributos dessas substâncias. Os atributos são aquelas características predicáveis à substância, seguindo as categorias de tempo, lugar, relação, espaço, posição, estados ativo ou passivo, etc., dez categorias ao todo.

Para Tomás de Aquino, e também no escolasticismo, isso envolvia uma adaptação das ideias aristotelianas, com elementos transcendentais adicionais, como o único, o verdadeiro, o bom atributo de tudo, e especialmente, no caso de Deus.

Para Descartes, pensamento e extensão são os dois atributos contrários e mutuamente opostos da realidade.

Spinoza ampliou a noção de Descartes, ao falar sobre pensamento e extensão como os dois atributos conhecidos da realidade, mas supondo que seu número real é infinito. Os atributos são aquelas características que constituem a essência.

Na teologia, quanto à sua descrição, diferem as listas de atributos divinos; mas, no teísmo clássico, o conceito ocidental tradicional de Deus envolve atributos como onisciência, sensibilidade, qualidades morais (santidade, justiça, amor, bondade, veracidade, sabedoria), qualidade estética (beleza), vontade, onipotência, simplicidade, unidade, espiritualidade, eternidade, infinitude, imutabilidade, onipresença, soberania, independência.

Alguns dos atributos de Deus

Asseidade, Imutabilidade, Eternidade, Onipotência, Onipresença, Onisciência, Soberania.

Vejamos alguns dos nomes de Deus para ter noção de seus atributos:

Adonai – Senhor, indicando uma relação de Mestre para servo. (Êxodo 4.10,13.)

El Elyon – O Mais Alto, o mais Forte. (Gênesis 14.20.)

El Shaddai – Deus Todo-Poderoso. (Gênesis 17.1).

  • Deus é incomparável, não há ninguém como Ele; Ele é inigualável e perfeito.

(2 Samuel 7.22; Salmos 86.8; Isaías 40.25; Mateus 5.48.)

  • Deus é inescrutável, Ele é imensurável, impossível de ser inteiramente entendido.

(Isaías 40.28; Salmos 14.53; Romanos 11:33,34.)

  • Deus é onipotente, Ele é todo-poderoso; Ele pode fazer qualquer coisa que Lhe agrada, mas as Suas ações estarão sempre de acordo com Seu caráter.

(Apocalipse 19.6; Jeremias 32.17,27.)

El Olam – Eterno Deus Is 40.28 – Deus é eterno, isto é, Ele não teve início e não terá fim; Ele é imortal, infinito; O Auto-Existente.

(Êxodo 3.13,14; Deteronômio 33.27; Salmos 90.2; 1 Timótio 1.17.)

Yahweh – SENHOR “Eu Sou” – Deus é o que vive por si mesmo; é imutável, Ele não muda; Ele é absolutamente confiável.

(Malaquias 3.6; Números 23.19; Salmos 102.26,27.)

Se você gostou desse artigo, aguarde mais sobre o assunto nessa mesma série.

SOBRE O AUTOR: O pastor José Maria do Nascimento é um Eletricista Industrial aposentado, ministro do Evangelho desde 1984, possui bacharel em Teologia pela IBETEL e professor de Teologia por 25 anos em São Paulo e no Paraná.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s