Mania de Reclamar

                    Tenho duas colegas, que inclusive, convivem juntas, uma que sempre reclama de tudo, a outra chega dando um “Boooommmm diiiiiiaaaa! ” contagiante, adivinha com quem eu gosto de encontrar? Com quem eu gosto de conversar, conviver?

                As duas tem problemas corriqueiros, familiares, de trabalho, etc. Contudo, como elas lidam com isso me fez ponderar. Gosto das duas, converso com as duas, mas porque prefiro ficar perto da segunda citada? Porque ela faz sentir-me bem. Por que podemos ver a vida com mais leveza, porque consigo rir com ela e rir de mim mesma.

             Provavelmente você já conheceu alguém que quer competir na desgraça com você. Competir na desgraça? Eu explico. Por exemplo, você diz que está com uma enxaqueca e a pessoa responde: “Isso não é nada, e eu que estou com um tumor! ” Claro que exagerei, mas é quase sempre assim que respondem essas pessoas que não querem estar em desvantagem, nem que seja negativamente.

                 Penso que pessoas que agem assim, devem estar muito machucadas, entretanto ou não perceberam isso, agindo inconscientemente ou não querem ajuda para mudar esse péssimo hábito de lamentar e, infelizmente sabemos que hábitos são muito difíceis de mudar! Ou ainda pior, (ao meu ver,) querem chamar a atenção mesmo, como crianças mimadas.

               Eu sei que todo mundo passa por problemas sérios e que, algumas vezes esses problemas se prolongam por mais tempo parecendo que não vamos suportar passar por isto. Mas viver pensando ser vítima do mundo, não é nada elegante. Quem você prefere ter por perto: pessoas que sabem que tem problemas, mas que as outras pessoas não precisam ficar ouvindo suas lamúrias (a não ser que seja um desabafo, de vez em quando todos nós precisamos aliviar nossas tensões) ou as que fazem questão de lastimar do tempo, do outro parente, da pessoa que não conhece e nunca vai conhecer, portanto, nunca vai ouvi-la, do governo, do trabalho, da vida?

Já percebeu que essas pessoas têm solução (teórica) para tudo? Mas os próprios problemas não conseguem resolver?

               Eu descobri que perto dessas pessoas, eu tomo duas atitudes, ou fico igual a elas, concordando e reclamando também, eu já fiz isso, e não é nada legal, não me sinto bem, ou me afastar o quanto eu puder e procurar minha quietude de alma.

              Como estou numa fase que estou eliminando tudo, na medida do possível, que me tira a paz, tenho procurado evitar essas pessoas, apesar de nem sempre ser viável! No meu caso, tenho que conviver diariamente com uma pessoa que parece que faz questão de queixar-se de tudo e isso não está só incomodando a mim, como eu sei? Ok, confesso comentei com outra pessoa que também havia comentado com outra sobre isso (que feio né?!)

               Alguns especialistas dizem que devemos tentar mudar de assunto (haja assunto), ou dizer coisas do tipo, “o que você pode mudar a respeito desse tópico” ou mesmo demonstrar empatia dizendo “o que posso fazer para te ajudar? ”. Mas, na verdade, o que queremos de verdade é manter longe dessas pessoas, pedirem para pararem de reclamar de tudo e tentarem, pelo menos uma vez na vida, ver a vida mais leve, peloamordeDeus!

                E eu o que tenho feito? Bom, já disse em tom de brincadeira, “Qual é a bronca do dia fulana? rs”, tento não mencionar assuntos no grupo que levam essa pessoa a fazer os velhos comentários negativos dela e por fim, o que mais tenho feito ultimamente, ficar quieta no meu canto, fingir que estou mexendo no meu celular e tentar ignora-la mesmo, deixando ela tecer os comentários com as outras pessoas da sala. Isso é porque não tenho para onde fugir… Tenho que aprender a conviver.

                 Mas sempre que posso corro desse tipo de pessoa. E eu sei que muitas pessoas também fazem o mesmo. Então, se você é assim, por gentileza, pare! Eu já passei por uma fase assim. Acredite em mim, dá para mudar. Peça ajuda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s