A Mulher Não Conhece a Sua Própria Força

                O chamado sexo frágil está conhecendo a sua força, enfim! Mas será isso mesmo? Somos as únicas pessoas abençoadas no mundo de poder gerar um outro ser humano e temos outros atributos também.

                Somos mais de 30 milhões chefes de família. Mulheres responsáveis por seus lares, com filhos sendo sustentados, criados e educados exclusivamente por elas. (Quando não sustentam o pai dos filhos também.) Segundo o IBGE, mulheres estão estudando mais, somos mais de 1 milhão de estudantes femininas a mais que os estudantes masculinos nos cursos presenciais das universidades.

               E o que já sabíamos, porém, agora confirmado pela ciência que apesar do cérebro dos homens serem maiores, as regiões que são associadas à memória, aos sentidos, à aprendizagem e à tomada de decisões nas mulheres são especialmente maiores. (Amei saber que já comprovaram isso!!!)

              Eu poderia escrever um livro sobre os valores das mulheres e as várias conquistas que conseguimos, e também sei que ainda há muito o que fazer. Talvez para provar o quanto somos boas naquilo que fazemos, trabalhamos mais, e mesmo tendo as mesmas funções, ganhamos menos do que os homens.

                  Só para citar um exemplo, a jogadora Marta que acabou de ser eleita pela 6ª vez como a melhor jogadora de futebol do mundo e ganha menos que alguns jogadores masculinos medianos. Por que?

Outras questões que tenho ponderado:

  • Por que ainda temos que conviver com o resultado de decisões de pensamentos retrógrados que não levam em consideração as questões humanitárias e familiares, que, com certeza, as mulheres são mais sensíveis a esses assuntos? (Aqui nem vou citar o quanto muitas mulheres são vítimas de violência de alguns homens inseguros.)
  • Somos as pessoas mais próximas de nossos filhos, então porque ainda não lutamos por uma educação melhor para eles?
  • Somos a maioria chefes de família, então por que não assumamos uma postura firme e cuidamos melhor de nosso bem maior, não permitindo que nosso lar seja destruído por ideologias de gêneros e não fecharmos os olhos para as drogas lícitas que são portas para as drogas ilícitas?
  • Somos as pessoas que mais estudam, portanto, inteligentes, então por que ainda não afrontamos as autoridades em termos os salários igualitários?
  • Somos 52% do eleitorado brasileiro, então por que não nos unimos e elegemos um candidato que olhe para nosso melhor tesouro, a nossa família?

               Mesmo eu pertencendo a esse gênero, eu não sei as respostas, só as perguntas e uma teoria: nós, mulheres, preferimos competir entre nós mesmas, ao invés de nos unirmos. Mas isso é só uma teoria e, quem sabe, um outro artigo.

ttps://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/20234-mulher-estuda-mais-trabalha-mais-e-ganha-menos-do-que-o-homem

https://observador.pt/2017/04/13/o-cerebro-dos-homens-pode-ser-maior-mas-o-das-mulheres-ganha-em-inteligencia/

http://noticias.universia.com.br/cultura/noticia/2018/03/08/1158976/mulheres-participacao-universidade.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s